segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

Doentes e doenças...


Doroteia não saía dos consultórios médicos.

A cada dia, apresentava novos sintomas de desconforto, inquietações, dores que não tinham fim.

Realizados complexos exames, nada foi constatado.

Sua filha, desalentada, e mesmo cansada de tantos embates sem sucesso, procurou ajuda com amiga terapeuta.

Essa, que a conhecia de muito tempo, buscou saber se a mãe continuava com aquelas mesmas ideias mórbidas, negativas, de antes.

E, diante da confirmação, falou, com sinceridade:

Os sintomas que sua mãe apresenta são reflexos dos pensamentos negativos que ela alimenta.

A ação do pensamento sobre a saúde, é incontestável.

A jovem disse que já lera algo acerca do assunto, se convencera a respeito e que tentara fazer com que sua mãe compreendesse a inconveniência de sua forma de pensar, mas não obtivera êxito até então.

Tenho esperança de que, algum dia, isso se modifique. – Disse, concluindo o diálogo.

*   *   *

A cultura ocidental acorda lentamente para essa realidade.

Prendemo-nos tanto às aparências que deixamos de perceber nossa realidade maior.

É muito importante compreender que nossa vida é o reflexo daquilo que cultivamos no mundo interior.

Cada órgão de nosso corpo físico sofre a influência dos pensamentos, sentimentos e emoções que agasalhamos.

Quando ficamos ansiosos, aumentamos a secreção de adrenalina que vai descontrolar nosso sistema nervoso.

Quando o pessimismo toma conta de nosso ser, sofremos perturbações no aparelho digestivo.

O medo e a revolta causam úlceras gástricas e duodenais.

O ódio, a raiva, quando alimentados por muito tempo, podem causar tumores.

Sendo a Lei Divina perfeita, o contrário também se dá.

Se optarmos por pensamentos e sentimentos elevados, serenos, positivos, as reações salutares serão a resposta.

A tranquilidade, o amor, o otimismo são estimulantes da harmonia emocional e orgânica, com efeitos saudáveis sobre o corpo.

*   *   *

Somos o que pensamos.

Nossos pensamentos são energias a sintonizarem com outras energias da mesma categoria.

E, como tudo na vida, pela afinidade, pensamentos iguais se atraem e se influenciam, mutuamente, nas mesmas faixas das ondas mentais.

Aos nossos pensamentos, se somam os dos desencarnados, que se intercomunicam com os homens por esse mesmo mecanismo.

Importante, portanto, pensar de forma edificante.

Atrair pensamentos salutares e otimistas, assumindo postura positiva frente à vida.

Quando pensamos em amor e paz, alegria e união, recebemos estímulos equivalentes.

Se vivermos a cultivar insucessos, só colheremos derrotas.

Cada um é responsável pelo seu campo mental, tanto no semear, como no colher. Dependendo das sementes que espalharmos, assim colheremos.

Como vivemos mergulhados num mar de emissões mentais, os Espíritos identificam essas emissões e são atraídos de acordo com o que lhes seja de interesse.

Assim, bons Espíritos estarão conosco quando nossos pensamentos forem positivos. E as vibrações se somarão às nossas, resultando em harmonia e equilíbrio.

Pensemos nisso e cultivemos saúde mental e física.


Redação do Momento Espírita.
Em 19.12.2015









Nenhum comentário:

Postar um comentário

Um raio de sol...

Quando o sol nasce pela manhã é como se o Sublime Artista acendesse uma lâmpada de ouro. Toda noite ele se esmera para extrair um novo color...