quarta-feira, 30 de setembro de 2015

"O único mal a temer, é aquele que ainda existe em nós."...."Quando o espírito toma consciência de que é o construtor de si mesmo, o artífice de sua felicidade, ele não pára mais. Pode acontecer o que for que ele continua." ...."Na vida, não vale tanto o que temos, nem tanto importa o que somos. Vale o que realizamos com aquilo que possuímos e, acima de tudo, importa o que fazemos de nós!" ..."Gostaria de dizer para você que viva como quem sabe que vai morrer um dia, e que morra como quem soube viver direito." (Chico Xavier)

Gif
O otimismo é força criadora


Recentemente, lemos algumas frases que nos chamaram atenção. Tratava-se de idéias de um escritor afirmando que, quanto mais pessimistas haja, melhor, já que esses é que mudarão o mundo, uma vez que, para os otimistas, o mundo está ótimo.

De duas, uma: ou o escritor não sabe o significado dos termos pessimismo e otimismo, ou está tentando sofismar.

Pessimismo, segundo os dicionários, é opinião ou sistema dos que acham tudo péssimo ou de tudo esperam o pior.

Otimismo é o sistema de julgar tudo o melhor possível; tendência para achar tudo bem.

Ora, em nenhum momento se pode deduzir que o otimista seja um ser passivo, inerte, que nada move para melhorar a situação. O otimista é aquele que percebe que as coisas não estão bem, mas sabe que poderão melhorar e faz a sua parte.

Já o pessimista, que de tudo espera o pior, não vê à sua frente senão abismos e trevas. Tudo para ele está péssimo e não há nada que se possa fazer para melhorar.

Há um desenho animado que retrata muito bem esse tipo. Trata-se de uma hiena, Hardy, da dupla Lippy e Hardy. Ela sempre aparece dizendo: Oh vida! Oh dia! Oh azar!

Quando Lippy, o seu companheiro leão a convida para fazer alguma coisa, Hardy, imediatamente expressa sua posição de derrota dizendo: Isso não vai dar certo!

O otimista, por sua vez, se percebe que o mar está revolto, que o barco pode naufragar, sempre encontra motivos para continuar lutando e, geralmente, logra êxito.

Dessa forma, é fácil deduzir que, se alguém pode modificar o mundo para melhor, deve primeiro acreditar que o mundo pode ser melhorado, e esse alguém só pode ser um otimista, jamais um pessimista, que considera o mundo péssimo, caminhando para pior.

Assim sendo, não nos deixemos levar por sofismas que, sem uma análise mais detida, podem parecer verdadeiros.

O otimismo gera entusiasmo, e o entusiasmo é gerador de confiança em si mesmo.

Enquanto o pessimista vê, na semente enterrada no solo, apenas a podridão, o otimista percebe a vida prestes a eclodir.

Enquanto o pessimista senta e observa as sombras que o circundam, o otimista abre as janelas da esperança e vislumbra adiante a claridade que logo mais o envolverá.

Enquanto o pessimista entra, em cada crepúsculo, no mesmo cemitério para lastimar a morte, o otimista escala, em cada amanhecer, a cerca de um jardim para aspirar o perfume de novas flores.

*     *     *

Otimismo é estímulo para o trabalho, vigor para a luta, saúde para a doença das paisagens espirituais e luz para as densas trevas que se demoram em vitória momentânea.



Redação do Momento Espírita com base no livro As forças morais, de José Ingenieros e no verbete Otimismo, do livro Repositório de sabedoria, v. II,  pelo Espírito
Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. Leal..
Em 06.07.2009.


Gif
Um feliz e abençoado dia!!!

terça-feira, 29 de setembro de 2015

"Quando você conseguir superar problemas graves não se detenha na lembrança dos momentos difíceis, mas na alegria de haver atravessado mais essa prova em sua vida.Quando sair de um longo tratamento de saúde, não pense no sofrimento que foi necessário enfrentar, mas na benção de Deus que permitiu a cura. Leve na sua memória, para o resto da vida, as coisas boas que surgiram nas dificuldades. Elas serão uma prova de sua capacidade e lhe darão confiança diante de qualquer obstáculo." (Chico Xavier)



Boneco de massinha
Não somos nossos problemas
 

Conta-se que Victor Hugo, o admirável escritor francês, quando no exílio, tinha por hábito, ao cair da tarde, chegar a uma parte em que havia uma colina próxima ao mar, e ali sentava-se, mergulhando em reflexões demoradas.

Enquanto o grande gênio da língua neolatina meditava, crianças brincavam à sua volta.

Depois de haver reflexionado suficientemente, o gigante da pena erguia-se, dobrava-se, tomava de uma pedra e a atirava ao mar.

Tornara-se-lhe tão habitual este movimento que já o fazia por automatismo.

Certo dia, porém, uma das crianças, vendo o grande escritor repetir o gesto de atirar ao mar uma pedra, perguntou, com o olhar traquinas e o sorriso infantil:

Senhor Hugo, por que o senhor, depois de meditar tanto, toma de uma pedra e a joga no mar?

E o admirável exilado respondeu, com um toque de melancolia:

É que tenho muitos problemas e resolvi, diariamente, por meditar em um problema. Após equacioná-lo, atirá-lo ao mar do esquecimento.

 
*     *     *

Não permitamos que os problemas tomem conta de nossa vida e exauram todas as nossas energias.

É necessária a compreensão de que estamos no problema, mas não somos o problema. Somos a solução para ele.

Quando analisarmos cada um deles, devemos pensar: Aqui está o meu problema. Fora de mim.

Não somos este momento de aflição. Apenas transitamos por ele temporariamente.

Encaremos cada problema como um desafio, algo que veio para fazer-nos crescer, amadurecer. E não para nos destruir.

Isso permitirá que a vida o solucione com tranquilidade, sem desgastar-nos em demasia.

Contemos com ajuda externa. Não acreditemos que tenhamos que resolver tudo sempre sozinhos.

Há tanta gente disposta a nos ajudar, no mundo material, e no mundo invisível, onde encontramos os amores do ontem e os protetores de nossa reencarnação.

Então, após resolver cada problema, atiremo-lo ao mar do esquecimento, não permitindo que ele permaneça em nossa casa mental.

Renovemo-nos diariamente, não permitindo que resquícios de crises e dores amarguem a alma, e se transformem em prisão indesejada.

Não nos assustemos com a palavra problema. Se ela nos parecer assustadora, troquemo-la por outra, como desafio ou obstáculo.

Obstáculos existem para serem observados, compreendidos e transpostos.

Saímos mais fortes de cada um deles, se desejarmos, em vez de mais fracos e abalados.

Libertemo-nos desse negativismo que, por vezes, estraga nosso dia, quando a lente do pessimismo nubla nossa vista imperceptivelmente.

Libertemo-nos do cinza, do escuro dos pensamentos que tanto nos aborrecem a alma.

Nascemos para ser livres, então, libertemo-nos.

Não somos nossos problemas. Apenas transitamos por eles temporariamente.

Pensemos nisso.



Redação do Momento Espírita com base na faixa 1, do cd Visualizações terapêuticas, de Divaldo Pereira Franco, ed. Leal.Em 13.09.2011.
 
Boneco de massinha
Ótima tarde!!!

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

"Nossos maiores problemas não estão nos obstáculos do caminho, mas na escolha da direção errada." (Augusto Cury) ...."O problema não é o problema. O problema é a atitude com relação ao problema." (Kelly Young) ..."Aprenda com o ontem, viva o hoje, tenha esperança no amanhã. O importante é não parar de questionar." ...."No meio de qualquer dificuldade encontra-se a oportunidade" (Albert Einstein)



Gif de coelhos
Uma Questão de Bom Senso



Como você costuma buscar a solução para os problemas que surgem na sua vida?

Talvez esta pergunta pareça tola, mas o assunto é de extrema importância quando desejamos corrigir o passo e evitar novos tropeços.

O que geralmente acontece, quando desejamos resolver algum problema, é fazer exatamente o caminho mais difícil.

No entanto, como o sucesso da ação depende do meio utilizado ou da estratégia criada para a solução, vale a pena pensar um pouco sobre nossa forma de agir.

Por vezes, nos movimentamos freneticamente para um lado e para o outro, e esquecemos de que movimentos desordenados não nos levarão a lugar nenhum.

Movimentar-se nem sempre significa agir com discernimento.

Comumente confundimos a urgência com a pressa, e atropelamos as coisas.

A situação pode exigir atitudes urgentes, o que não significa apressadas.

Quando agimos apressadamente, sem fazer uso da razão, é mais fácil o equívoco. Quando agimos sob o domínio da emoção, o resultado é quase sempre desastroso.

A emoção não é boa conselheira, quando se trata de resolver questões urgentes.

Um exemplo pode tornar mais fácil a nossa compreensão.

Se uma cobra venenosa nos morde e inocula seu veneno em nosso corpo, o que fazer?

Uns saem correndo atrás da víbora para matá-la, e acabar de vez com o problema, numa atitude insana de vingança.

Seria essa a decisão acertada?

A movimentação só faria o veneno se espalhar rapidamente pela corrente sanguínea, piorando as coisas.

No entanto, a ação mais eficaz seria buscar ajuda o mais breve possível, para evitar danos maiores.

Mas nem sempre a ira nos permite agir sensatamente.

Se uma pessoa nos ofende ou nos contraria frontalmente, geralmente revidamos ou mantemos o efeito do veneno durante dias, meses ou anos...

Ressentimento quer dizer sentir e voltar a sentir muitas vezes.

Quando isso acontece, a mágoa vai se tornando cada vez mais viva e mais intensa.

A ação mais acertada, neste caso, não seria tratar de eliminar o veneno de nossa intimidade?

Para tomar decisões lúcidas, é preciso fazer uso da razão, e não se deixar levar pela emoção.

Quando a emoção governa nossas ações, geralmente o arrependimento surge logo em seguida.

Assim sendo, é importante pensar bem antes de agir para evitar que, em vez de solucionar os problemas, os compliquemos ainda mais.

Se num momento crítico a emoção nos tomar de assalto, é melhor sair de cena por alguns instantes, ou deixar que o os ânimos se acalmem, antes de qualquer atitude.

Quando agimos com calma, fazendo uso da razão, é mais fácil encontrar soluções definitivas, em vez de piorar as coisas.

Pense nisso, e lembre-se de que em vez de correr atrás da cobra que nos mordeu, é mais racional buscar a solução do problema.


*    *    *

Quando você estiver às voltas com um problema qualquer, lembre-se de que a solução ou a complicação dependerá da sua ação.

Por isso, busque tomar a decisão mais favorável à resolução.

Lembre-se, ainda, de que a pressa nem sempre é boa conselheira e procure agir com sabedoria, que é sinal de bom senso.



Texto da Equipe de Redação do Momento Espírita


Gifs de coelho

Um ótimo dia!!!

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

"Muitas pessoas perdem as pequenas alegrias enquanto aguardam a grande felicidade." (Pearl S. Buck) ..."A vida não pode ser economizada para amanhã. Acontece sempre no presente." ...."A morte nunca fala sobre a morte. Ela só fala sobre a vida. E Ela sempre nos pergunta: O que é que você está esperando?" (Rubem Alves)


Morte e vida


Quando a enfermidade chega, inexorável, e dá o recado de que a recuperação não se dará no corpo físico, ocorrem diferentes reações por parte dos doentes.

Há os que se revoltam e passam a brigar com a situação. Exasperam-se, acreditam-se injustiçados.

E se perguntam: Por que comigo?

Outros costumam iniciar uma barganha com a Divindade.

Assim, fazem promessas de realizar boas obras, atender a criaturas, se alcançarem a cura da enfermidade.

Há os que negam a doença, ao ponto de não aceitarem o atendimento médico, não se submetendo a tratamentos.

É como se não fosse com eles a questão.

Existem, enfim, aqueles que aceitam o fato. Esses buscam usufruir o melhor da vida que ainda lhes resta e se preparam para realizar o retorno ao mundo de onde todos viemos.

Um professor de agronomia, que recebeu o diagnóstico de tumor no esôfago, era um desses exemplares.

Nos últimos dias, até a água que bebia, ele regurgitava. Naquela manhã, em que o médico chegou para vê-lo, ele estava meio embriagado pela quinta dose de morfina.

A noite havia sido muito longa e dolorosa. Somente em torno das cinco da manhã, ele conseguira dormir um pouco.

O médico chegou para examiná-lo, em sua casa. E recordou-se que toda vez que vinha para vê-lo, o velho professor não cansava de elogiar as virtudes da mangueira frondosa que ele plantara em seu quintal.

Nada mais, nada menos do que quarenta anos antes.

Mas, nessa manhã, o encontrou dormindo, no quarto em penumbra.

Estava enrolado em dois cobertores. Abriu os olhos e tentou sorrir. A dor era evidente.

O médico o examinou e lhe disse que seria melhor levá-lo ao hospital.

Pela última vez, doutor? Perguntou ele.

Honestamente, não sei. Respondeu o médico.

E tomou do telefone para chamar a ambulância. Foi interrompido com delicadeza:

Doutor, não chame a ambulância. Minha mulher me leva de carro.

Fechado na ambulância, não enxergo nada. Tem sol, quero ver as árvores, as pessoas bonitas na rua, as flores.

Era um amante da natureza, da vida, do mundo. Mesmo as dores que o martirizavam não o deixavam esquecer das maravilhas que se habituara a contemplar.



*     *     *

Há muitas coisas que encantam o olhar: montanhas ao longe, a curva serpenteante da serra, o verde renovado da paisagem que se veste de primavera.

Há belezas na água que corre pela fresta da rocha, na abundância das correntezas e nas vertentes que se lançam das alturas.

Deus é tão maravilhoso que coloca beleza até na destruição. E o fogo dança e crepita na lareira, cheio de cores e de formas.

Em tudo há poesia, encantamento e beleza, para quem tem olhos de ver.

Para esses, um raio de sol é um veio de ouro, a chuva que cai é prata líquida. A brisa, é uma sinfonia.

E o arco-íris? Esse é a obra prima resultante do matrimônio da chuva com a luz, sob o olhar complacente de Deus.

Pense nisso e torne-se um grande admirador da obra da Criação que todo dia se oferece a você, em luz, cor e movimento.


Redação do Momento Espírita, com base na Introdução do livro Por um fio, de Drauzio Varella, ed. Companhia das Letras.




Feliz dia!!!

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

"Se não podemos ter paz em nossas mentes, não podemos ter paz no mundo." (Harry Palmer) ..."As pequenas coisas parecem insignificantes, mas dão-nos a paz." (Georges Bernanos) ..."Que os seus lamentos cotidianos ecoe aos ventos trazendo a paz e desabroche a felicidade já plantada em vosso coração." (D.A.)


Que eu leve...


Onde houver ódio, que eu leve o amor;

Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;

Onde houver discórdia, que eu leve a união;

Onde houver dúvida, que eu leve a fé;

Onde houver erro, que eu leve a verdade;

Onde houver desespero, que eu leve a esperança;

Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;

Onde houver trevas, que eu leve a luz.



*     *     *

Francisco de Assis, instrumento da paz do Cristo na Terra, traz em sua conhecida Oração da paz, uma proposta de vida inigualável.

O poeta da Úmbria apresenta a mais bela estratégia de autotransformação, inspirada na verdade cristã.

Ele se coloca como instrumento da paz, isto é, alguém que, com sua modificação moral, modifica o ambiente onde está.

Alguém que deixa fluir a paz de Deus na Terra, que não se coloca como obstáculo da verdade, do amor, do bem, mas como servo humílimo de todos eles.

A paz do Cristo, que é também a paz do Criador, se derrama igualmente para todas as criaturas no mundo, porém, poucos são os que a deixam florir no mundo.

Francesco Bernardone foi um desses que permitiu que a paz do Alto jorrasse em seu coração e, por consequência, em todos os que estiveram ao seu lado.

Pacificador, por excelência, viveu a mensagem de Jesus da outra face e a disseminou com perfeição.

Em sua Oração da paz, transmite essa ideia por diversas vezes, mostrando primeiro o comportamento enfermo e logo em seguida a receita de sua cura permanente.

Porém, o mais importante não está na simples demonstração desses extremos - ódio, amor; ofensa, perdão - mas na sua disposição para levar, ele mesmo, o remédio necessário para a extinção da doença.

Todas as grandes almas que passaram pela face da Terra e modificaram as paragens do globo para melhor, apresentaram esta autoproposta. Foram instrumentos da paz.



*     *     *

Como trazer a proposição de Francisco de Assis para nossas vidas?

Será que em nossa esfera de atuação - na intimidade da alma, na família, na sociedade, não podemos nos tornar também instrumentos da paz?

Talvez não como um Francisco, um Gandhi, uma Madre Teresa, mas um instrumento da paz já podemos ser, certamente.

E por que não como um dos grandes? Tudo é possível para aquele que deseja, que faz acontecer, que se coloca na direção do bem!

Elabore um plano, pense de que forma você pode ser um instrumento da paz ao seu redor!

Sorria, seja gentil, ame, semeie fraternidade onde quer que esteja.

Deixe fluir a paz do Alto em sua existência!

Não permita que a acomodação, a raiva, o desânimo, sejam obstáculos para a sua instalação no planeta.

Mude, pois mudando você, você muda o mundo.

Onde houver trevas, que possamos levar a luz, sempre...



Redação do Momento Espírita.
Disponível no cd Momento Espírita, v. 22, ed. Fep.
Em 5.9.2012.





 
Ótimo dia!!!


terça-feira, 22 de setembro de 2015

"Solte-se! Liberte-se! Voe! E tudo o que o universo produz de belo e grandioso será alimento para o seu coração, inspiração pra a sua mente e luz para os seus olhos." ...."Planta no teu caminho sementes de bondade e amor, e não te preocupes com os resultados." (C. Torres Pastorino)

Gif
Aprender e refazer


Muitos Espíritos se sentem injustiçados após o fenômeno da morte física.

Incontáveis gastam um tempo incomensurável em atitudes de revolta.

Contudo, todos acordam um dia.

Libertam-se dos pesadelos em que se debatiam e se arrependem.

Choram sentidas lágrimas e reconsideram sua situação.

Identificam amigos que lhes estendem os braços, após romperem as teias de incompreensão em que se prendiam.

Observam, porém, a sombra que ainda carregam no íntimo.

Identificam a luz de quem melhor soube viver no mundo e suspiram por merecer situação semelhante.

Sentem-se quais pássaros mutilados que sonham com altos voos pelo céu azul.

Reconhecem, finalmente, o valor da experiência física na qual lhes cabe refazer as próprias asas.

Retornam, então, aos antigos locais em que viveram e se iludiram.

No entanto, quase sempre tudo sofreu radical mudança.

Paisagens queridas se alteraram, facilidades sumiram e afetos abandonados evoluíram em outros rumos...

Personalidades do poder transitório, que abusaram do povo, assistem às privações das classes humildes.

Verificam o martírio silencioso de quem se levanta a cada dia, para a contemplação da própria miséria.

Avarentos que rolaram no ouro regressam às paredes amoedadas dos descendentes.

Aí acompanham os mendigos que lhes recorrem inutilmente à caridade.

Anotam quanto dói suplicar migalhas de pão a corações endurecidos no orgulho.

Escritores que se faziam especialistas da calúnia e do escândalo tornam à presença de seus próprios leitores.

Examinam os entorpecentes e corrosivos mentais que produziram, impunes.

Pais e mães displicentes ou desumanos voltam aos redutos domésticos de seus rebentos desorientados.

Observam, então, as raízes da crueldade ou da viciação por eles mesmos plantadas.

Malfeitores, que caíram na delinquência, socorrem as vítimas de outros criminosos.

Com isso, avaliam os processos de sofrimento com que supliciavam a carne de seus semelhantes.

Mas isso não basta.

Compreender o equívoco cometido é muito pouco.

Depois do aprendizado, é preciso retomar o campo de ação.

Urge renascer e ressarcir, progredir e aprimorar, solvendo débito por débito perante a Lei.

Ciente dessa realidade, convém prestar atenção no modo como vivemos.

A reencarnação é uma bendita oportunidade de purificação e conquista de paz.

Constitui uma preciosa bolsa de trabalho e estudo, com amplos recursos de pagamento.

Assim, qualquer que seja a provação que nos assinale o caminho, evitemos reclamar.

Ao contrário, amemos e trabalhemos com ternura e dedicação.

Soframos, se necessário.

Mas sempre agradeçamos a Deus.



Redação do Momento Espírita, com base no cap. 37, do livro Justiça Divina, pelo Espírito Emmanuel, psicografia de Francisco Cândido Xavier, ed. Feb.Em 21.11.2011.



Gif de laço
Feliz dia!!!

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

"Felicidades são pedacinhos de ternura que colho aqui e ali." (Cecília Meireles) ...."Muitas pessoas perdem as pequenas alegrias enquanto aguardam a grande felicidade." (Pearl S. Buck) ...."A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional." (Carlos Drummond de Andrade) ..."O que você fizer será mais importante do que aquilo que conseguir. E como você se sentir por isso será ainda mais importante do que o que tiver feito." (Jerry Gilles)

Gif
Um bom sentimento no coração


Dois meninos caminhavam ao longo de uma estrada, que se estendia através de um campo.

À beira do caminho viram um casaco velho e um par de sapatos surrados.

Ao longe vislumbraram o dono que trabalhava naquele campo.

O rapaz mais novo sugeriu que eles escondessem os sapatos, se escondessem eles mesmos, e ficassem ali observando a expressão de surpresa do dono, quando retornasse.

O menino mais velho achou que isso não seria tão bom.

Ele disse que, pelo aspecto da roupa e dos sapatos, o dono deveria ser um homem muito pobre.

Então, depois de falarem sobre o assunto, por sua sugestão, concluíram que tentariam outra experiência: ao invés de esconder os sapatos, iriam colocar uma moeda de prata em cada um, e observar o que o dono faria quando descobrisse o dinheiro.

E foi o que fizeram.

Logo, o homem regressou do local onde trabalhava, colocou seu casaco, calçou um pé em um sapato, sentiu algo duro, levou-o para fora e encontrou um dólar de prata.

Maravilha e surpresa brilharam em seu rosto.

Ele olhou para a moeda uma vez e outra vez, virou-se e não conseguiu ver ninguém ali por perto.

Em seguida, calçou o outro sapato.

Para seu grande espanto, encontrou outra moeda de prata.

Ele começou a chorar, ali, sentado sobre o campo.

Em seguida ajoelhou-se, e ofereceu em voz alta uma oração de agradecimento, na qual falou de sua esposa que estava doente e sem esperança, e sobre seus filhos, indefesos, sem comida.

Fervorosamente, agradeceu a Deus por essa graça, vinda de mãos desconhecidas, e evocou as bênçãos dos céus sobre aqueles que lhe deram a ajuda de que precisava.

Os meninos permaneceram escondidos até ele ir embora. Haviam presenciado toda a cena.

Eles tinham sido tocados por sua oração, e sentiram um calor dentro de seus corações.

Enquanto saíam a pé pela estrada, disse um ao outro: Então, realmente, você não tem um bom sentimento no coração?

*     *     *

Haverá dia em que todos nós, sem exceção, entenderemos porque há apenas um caminho, o caminho do bem.

Haverá dia em que apenas esse tipo de felicidade interior irá nos saciar, em que não mais buscaremos preencher os vazios da alma de outras formas.

Haverá dia em que compreenderemos Jesus e Sua mensagem maior, resumida no amor, simplesmente no amor: a Deus, ao próximo e a nós mesmos.

Enquanto esse dia não chega cabe-nos realizar as pequenas conquistas, dar os primeiros passos, viver as primeiras felicidades autênticas possíveis na Terra.

Percebamos em nosso coração o sentimento que predomina quando podemos ser úteis a alguém, quando, de alguma forma, significamos algo na vida de outra pessoa.

Analisemos esse sentimento, tentemos compreender de onde ele vem, tentemos compreender de onde vem a alegria de ouvir um Você é muito importante para mim.

O amor já está na Terra há muito tempo. Não é segredo para ninguém. Não é propriedade dos sábios, dos doutos. Ele está aí, esperando por mim, esperando por você, esperando por nós.


Redação do Momento Espírita, com base em trecho do discurso Lições que aprendi quando menino, do Rev. Gordon Hinckley, encontrado no site www.lds.org
Em 11.11.2014.


Gif
Um feliz e abençoado dia!!!

domingo, 20 de setembro de 2015

"Devemos aprender durante toda a vida , sem imaginar que a sabedoria vem com a velhice." (Platão)

Gif
A pena de pavão


Conta uma lenda árabe que um nômade do deserto resolveu, certo dia, mudar de oásis.

Reuniu todos os utensílios que possuía e de modo ordenado, foi colocando-os sobre o seu único camelo.

O animal era forte e paciente. Sem se perturbar, foi suportando o peso dos tapetes de predileção do seu dono.

Depois, foram colocados sobre ele os quadros de paisagens árabes, maravilhosamente pintados.

Na seqüência, foram acomodados os objetos de cozinha, de vários tamanhos.

Finalmente, vários baús cheios de quinquilharias. Nada podia ser dispensado. Tudo era importante.

Tudo fazia parte da vida daquele nômade, que desejava montar o novo lar, em outras paragens, de igual forma que ali o tinha.

O animal agüentou firme, sem mostrar revolta alguma com o peso excessivo que lhe impunha o dono.

Depois de algum tempo, o camelo estava abarrotado. Mas continuava de pé.

O beduíno se preparava para partir, quando se recordou de um detalhe importante: uma pena de pavão.

Ele a utilizava como caneta para escrever cartas aos amigos, preenchendo a sua solidão, no deserto.

Com cuidado, foi buscar a pena e encontrou um lugarzinho todo especial, para colocá-la em cima do camelo.

Logo que fez isso, o animal arriou com o peso e morreu. O homem ficou muito zangado e exclamou:

"Que animal mole! Não agüentou uma simples pena de pavão!"

Por vezes, agimos como o nômade da história. Não é raro o trabalhador perder o emprego e reclamar: "Fui mandado embora, só porque cheguei atrasado 10 minutos."

Ele se esquece de dizer que quase todos os dias chega atrasado 10 minutos.

Outro diz: "Minha mulher é muito intolerante. Brigou comigo só porque cheguei um pouquinho embriagado, depois da festinha com os amigos."

A realidade é que ele costuma chegar muitas vezes embriagado, tornando-se inconveniente e até agressivo.

Há pessoas que vivem a pedir emprestado dinheiro, livros, roupa para ir a uma festa, uma lista infindável.

E ficam chateadas quando recebem um não da pessoa que já cansou de viver a emprestar!

Costuma-se dizer que é a gota d’água que faz transbordar a taça. Em verdade, todo ser humano tem seu limite.

Quando o limite é ultrapassado, fica difícil o relacionamento entre as pessoas.

No trato familiar, são as pequenas faltas, quase imperceptíveis, que se vão acumulando, dia após dia.

É então que sucumbem relacionamentos conjugais, acabam casamentos que pareciam duradouros.

Amizades de longos anos deterioram. Empregos são perdidos, sociedades são desfeitas.

Tudo se deve ao excesso de reclamações diárias, faltas pequenas, mas constantes, pequenos deslizes, sempre repetidos.

Mentiras que parecem sem importância. Todavia, sempre renovadas.

Um dia surge em que a pessoa não suporta mais e toma uma atitude que surpreende a quem não se dera conta de como a sobrecarregara, ao longo das semanas, meses e anos.

*    *    *

Fique atento em todas as suas atividades diárias.

Não deixe que suas ações prejudiquem a outros, mesmo que de forma leve.

Não descarregue nos outros a sua frustração ou insatisfação.

Preze as amizades. Preserve a harmonia do ambiente familiar.

Seja você, sempre, quem tolere, compreenda e tenha sempre à mão uma boa dose de bom senso.


Redação do Momento Espírita com base no texto A pena de pavão, de Djalma Santos, extraída do Jornal Laços Fraternos (RJ), março/2004

Image result for gifs de boa noite

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

"Disposto a esquecer o mal, dedicando-te ao bem, enfrentas o primeiro desafio. Incidente doméstico ocorre envolvendo-te emocionalmente. Tens a impressão que todo o planejamento para o dia se desfaz. Sentes os nervos abalados e estás a ponto de aceitar a pugna. Silencia, porém, e age. O hábito da discussão perniciosa se te instalou no comportamento e crês que não possuis forças para superar o acontecimento danoso. Recorda que estás num clima de efeitos que vêm dos dias anteriores, quando te engajavas nas provocações, reagindo no mesmo tom. Os familiares não sabem das tuas disposições novas e, porque estão acostumados às querelas e agressões, preservam o ambiente prejudicial. Em teu procedimento de homem novo necessitas do autocontrole, reconquistando os familiares, que se surpreenderão com a tua nova filosofia de vida. Contorna o primeiro desafio, dilui por antecipação e com sabedoria o mal-estar que ele podia gerar. Este é o passo inicial para o teu dia feliz." (Joanna de Ângelis)

Gif de abelhinha
O maior desafio


Cada um de nós tem desafios diferentes. A vida é feita de desafios diários.

Para quem não dispõe de movimentos nas pernas, transportar-se da cama para a cadeira de rodas, a cada manhã, é um desafio.

Para quem sofreu um acidente e está reaprendendo a andar, o desafio está em apoiar-se nas barras, na sala de reabilitação, e tentar mover um pé, depois o outro.

Para quem perdeu a visão, o grande desafio é adaptar-se à nova realidade, aprendendo a ouvir, a tatear, a movimentar-se entre os obstáculos sem esbarrar. É aprender um novo alfabeto, é ler com os dedos, é adquirir nova independência de movimentos e ação.

Para o analfabeto adulto, o maior desafio é dominar aqueles sinais que significam letras, que colocados uns ao lado dos outros formam palavras, que formam frases.

É conseguir tomar o lápis e escrever o próprio nome, em letras de forma. É conseguir ler o letreiro do ônibus, identificando aquele que deverá utilizar para chegar ao seu lar.

Cada qual, dentro de sua realidade, de sua vivência, apontará o que lhe constitui o maior desafio: dominar a técnica da pintura, da escultura, da música, da dança.

Ser um ás no esporte. Ser o primeiro da classe. Passar no vestibular. Ser aprovado no concurso que lhe garantirá um emprego. Ser aceito pela sociedade. Ser amado.

Para vencer um desafio é preciso ter disciplina, ser persistente, ser diplomático, saber perdoar-se e perdoar aos outros.

É ser otimista quando os demais estão pessimistas. Ser realista quando os demais estão com os pensamentos na lua. É saber sonhar e ir em frente.

É persistir, mesmo quando ninguém consiga nos imaginar como um prêmio Nobel de Química, um pai de família, um professor, prefeito ou programador.

Acima de tudo, o maior desafio para deficientes, negros e brancos, japoneses e americanos, brasileiros e argentinos, para todo ser humano, é fazer.

Fazer o que promete. Dar o primeiro passo, o segundo e o terceiro. Ir em frente.

Com que frequência se escutam pessoas dizendo que vão fazer regime, que vão estudar mais, que vão fazer exercício todo dia, que vão ler mais, que vão assistir menos televisão, que vão...

Falar, reclamar ou criticar são os passatempos mais populares do mundo, perdendo só, talvez, para o passatempo de culpar os outros pelo que lhe acontece.

Então, o maior desafio é fazer. E não adianta você dizer que não deu certo o que pretendia porque é cego, ou porque é negro, ou porque é amarelo, ou porque você é brasileiro. Ou porque mora numa casa amarela. Ou porque não teve tempo.

Aprenda com seus erros. Quando algo não der certo, você pode tentar de maneira diferente. Agora você já sabe que daquele jeito não dá.

Você pode treinar mais. Você pode conseguir ajuda, pode estudar mais, pode se inspirar com sábios amigos. Ou com amigos dos seus amigos.

Pode tentar novas idéias. Pode dividir seu objetivo em várias etapas e tentar uma de cada vez, em vez de tentar tudo de uma vez só.

Você pode fazer o que quiser. Só não pode é sentir pena de si mesmo. Você não pode desistir de seus sonhos.

*    *    *

Problemas são desafios. Dificuldades são testes de promoção espiritual.

Insucesso é ocorrência perfeitamente natural, que acontece a toda e qualquer criatura.

Indispensável manter o bom ânimo em qualquer lugar e posição.

O pior que pode acontecer a alguém é se entregar ao desânimo, apagando a chama íntima da fé e caminhar em plena escuridão.

Assim, confia em Deus, e, com coragem, prossegue de espírito tranquilo.


Redação do Momento Espírita, a partir de carta assinada por Fernando Botelho e endereçada a um cego, de nome Juliano, residente em Curitiba, e do cap. 9 da obra Convites da vida, psicografia de Divaldo Pereira Franco, pelo Espírito Joanna de Ângelis, ed. Leal.



Gif de abelha
Um feliz e abençoado dia!!!

terça-feira, 15 de setembro de 2015

"Ao olharmos um navio no porto, imaginamos que ele esteja em seu lugar mais seguro, protegido por uma forte âncora. Mal sabemos que ali está em preparação, abastecimento e provisão para se lançar ao mar, destino para o qual foi criado, indo ao encontro das próprias aventuras e riscos. Dependendo do que a força da natureza reserva para ele, poderá ter de desviar da rota, traçar outros caminhos ou procurar outros portos. Certamente retornará fortalecido pelo aprendizado adquirido, mais enriquecido pelas diferentes culturas percorridas. E haverá muita gente no porto, feliz à sua espera. Assim são os filhos. Estes têm nos pais o seu porto seguro até que se tornem independentes. Por mais segurança, sentimentos de preservação e de manutenção que possam sentir junto dos seus pais, eles nasceram para singrar os mares da vida, correr os próprios riscos e viver as próprias aventuras. Certos de que levarão os exemplos dos pais, o que eles aprenderam e os conhecimentos da escola – mas a principal provisão, além da material, estará no interior de cada um: a capacidade de ser feliz. Sabemos, no entanto, que não existe felicidade pronta, algo que se guarda num esconderijo para ser doada, transmitida a alguém. O lugar mais seguro em que o navio pode estar é o porto. Mas ele não foi feito para permanecer ali. Os pais também pensam ser o porto seguro dos filhos, mas não podem se esquecer do dever de prepará-los para navegar mar adentro e encontrar o próprio lugar, onde se sintam seguros, certos de que deverão ser, em outro tempo, esse porto para outros seres. Ninguém pode traçar o destino dos filhos, mas deve estar consciente de que, na bagagem, eles devem levar valores herdados, como humildade, humanidade, honestidade, disciplina, gratidão e generosidade. Filhos nascem dos pais, mas devem se tornar cidadãos do mundo. Os pais podem querer o sorriso dos filhos, mas não podem sorrir por eles. Podem desejar e contribuir para a felicidade dos filhos, mas não podem ser felizes por eles. A felicidade consiste em ter um ideal e na certeza de estar dando passos firmes no caminho da busca. Os pais não devem seguir os passos dos filhos, e nem devem estes descansar no que os pais conquistaram. Devem os filhos seguir de onde os pais chegaram, de seu porto, e, como os navios, partir para as próprias conquistas e aventuras. Mas, para isso, precisam ser preparados e amados, na certeza de que: "Quem ama educa", "Como é difícil soltar as amarras" ...."Os pais podem querer o sorriso dos filhos, mas não podem sorrir por eles. Podem desejar e contribuir para a felicidade dos filhos, mas não podem ser felizes por eles." (Içami Tiba) ....“Ajude seu filho a formar bons hábitos enquanto ainda é pequeno. Assim, ele nunca abandonará o bom caminho, mesmo depois de adulto.” (Provérbios 22:6)

Gif de bebê
De filho para pai


De pai para filho. Essa expressão geralmente é usada quando se faz um bom negócio ou se obtém alguma vantagem que só mesmo os pais podem conceder.

Mas hoje nós trouxemos uma mensagem de filho para pai que merece toda a nossa atenção, porque, se levada em conta, trará grandes vantagens a pais e educadores.

A mensagem foi publicada no jornal Perfil Policial, a todos os pais do Brasil.

Queridos pais, antes que seja tarde demais...

Não tenham medo de ser firmes comigo. Eu prefiro assim, pois sua firmeza me traz segurança.

Não me tratem com excesso de mimos. Nem tudo o que eu peço me convém.

Não me corrijam na frente de outras pessoas. Prestarei muito mais atenção se vocês falarem comigo baixinho e a sós.

Não permitam que eu forme maus hábitos. Na minha idade, eu dependo de vocês para descobrir o que é certo ou errado.

Não façam promessas apressadas. Lembrem-se de que me sinto mal quando as promessas não são cumpridas.

Não me protejam das consequências dos meus atos. Às vezes, preciso aprender através da dor.

Não sejam falsos nem mentirosos. A falsidade me deixa confuso, desnorteado, e acabo perdendo a confiança em vocês.

Não me incomodem com ninharias. Se assim agirem, terei de proteger-me, aparentando surdez.

Nunca dêem a impressão de ser perfeitos ou infalíveis. O choque será grande quando eu descobrir que vocês estão longe disso.

Não digam que meus temores são tolices. Eles são terrivelmente reais para mim. Se vocês usarem de compreensão para comigo, ficarei mais sereno e tranquilo.

Não deixem sem resposta as minhas perguntas. Do contrário deixarei de fazê-las e buscarei informações em algum outro lugar.

Não julguem humilhante um pedido de desculpas. Um perdão sincero torna-me surpreendentemente mais caloroso para com vocês.

E não se esqueçam, jamais, que para desabrochar e florescer, eu preciso de muita compreensão. E, acima de tudo, de muito amor.

 
*     *     *

Você, que é pai ou educador, lembre-se sempre de que sem criança não há futuro e nem esperança de dias melhores.

Educar e bem formar os pequeninos são fatores fundamentais para a construção de um Mundo mais humano e mais feliz.

E educar não quer dizer superproteger nem abafar com excesso de zelos, pois a criança é como uma planta nos jardins do mundo. O excesso de água pode afogá-la e a falta excessiva pode secá-la.

Pense nisso, mas pense agora!


Redação do Momento Espírita, com base em texto recebido de Walmir Cardoso da Silva.




Gif de bebê
Uma ótima tarde!!!



sábado, 12 de setembro de 2015

"Não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho." ..."A arte da vida consiste em fazer da vida uma obra de arte." (Mahatma Gandhi)

Gif
A Outra Janela


A menina debruçada na janela trazia nos olhos grossas lágrimas e o peito oprimido pelo sentimento de dor causado pela morte de seu cão de estimação.


Com pesar observava atenta ao jardineiro a enterrar o corpo do amigo de tantas brincadeiras. A cada pá de terra jogada sobre o animal, sentia como se sua felicidade estivesse sendo soterrada também.

O avô que observava a neta, aproximou-se, a envolveu em um abraço e falou-lhe com serenidade:

-Triste a cena, não é verdade?

A netinha ficou ainda mais triste e as lágrimas rolaram em abundância.

No entanto, o avô que desejava confortá-la chamou-lhe a atenção para outra realidade. Tomou-a pela mão e a conduziu para uma janela opostamente localizada na ampla sala. Abriu as cortinas e permitiu-lhe que visse o jardim florido a sua frente e lhe perguntou carinhosamente:

-Está vendo aquele pé de rosas amarelas bem ali a frente? Lembra que você me ajudou a plantá-lo? Foi em um dia de sol como hoje que nós dois o plantamos. Era apenas um pequeno galho cheio de espinhos e hoje veja como está lindo, carregado de flores perfumadas e botões como promessa de novas rosas.

A menina enxugou as lágrimas que ainda teimavam em permanecer em suas faces e abriu um largo sorriso mostrando as abelhas que pousavam sobre as flores e as borboletas que faziam festa entre umas e outras das tantas rosas de variados matizes que enfeitavam o jardim.

O avô, satisfeito pôr te-la ajudado a superar o momento de dor falou-lhe com afeto:

-Veja, minha filha. A vida nos oferece sempre várias janelas. Quando a paisagem de uma delas nos causa tristeza sem que possamos alterar o quadro, voltamo-nos para outra e certamente nos deparamos com uma paisagem diferente.

Tantos são os momentos de nossa existência, tantas as oportunidades de aprendizado que nos visitam no dia-a-dia que não vale a pena sofrer diante de quadros que não podemos alterar.

São experiências valiosas da vida, das quais devemos tirar lições oportunas sem nos deixar tragar pelo desespero e revolta que só infelicitam e denotam a falta de confiança em Deus. A nossa visão do mundo é muito limitada.

Mas Deus tem sempre objetivos nobres e uma proposta de felicidade para nos aguardar após cada dificuldade superada.

Se hoje você está a observar um quadro desolador, lembre-se de que existem tantas outras janelas, com paisagens repletas de promessas de melhores dias.Não se permita contemplar a janela da dor.

Aproveite a lição e siga em frente com ânimo e disposição.

Agindo assim, o gosto amargo do sofrimento logo cede lugar ao sabor agradável de viver e saber que Deus nos ampara em todos os momentos da nossa vida.


(Autoria Desconhecida)


Gif
Um feliz e abençoado domingo!!!

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

"Se você continuar fazendo o que sempre fez, continuará obtendo o que sempre obteve." (A.D.) ...." Não importa que tipo de fisionomia a vida lhe mostre. Importa a fisionomia com que você encara a vida." ( J. Schmidt) ...."Sorria! Sempre! Mesmo que a vida lhe diga não. Você não faz parte dos problemas; você é a solução! (A. D.) ....." Dentro de mim há dois cachorros: um deles é cruel e mau; o outro é muito bom. Os dois estão sempre brigando. O que ganha a briga é aquele que eu alimento mais frequentemente." (Provérbio indígena) ...." Vigie seus pensamentos; eles se tornam palavras. Vigie suas palavras; elas se tornam ações. Vigie suas ações; elas se tornam hábitos. Vigie seus hábitos; eles formam seu caráter. Vigie seu caráter; ele se torna seu destino." (Frank Outlaw) ....."...Quando alguém encontrar seu caminho, não pode ter medo. Precisa ter coragem suficiente para dar passos errados. As decepções, as derrotas, o desânimo são as ferramentas que Deus utiliza para mostrar a estrada." (Paulo Coelho)


arco_iris_04.gif
Depende de Você


A paz que você reclama e tenta encontrar...
depende de você.
A compreensão que você reivindica a cada passo...
depende de você.
A bondade que você admira nas pessoas, e sonha possuir...
depende de você.
O diálogo, base de toda boa convivência...
depende de você.
A abertura, que é caminho para a renovação...
depende de você.
O amor que você quer encontrar (quer encontrar?)...
depende de você.
A organização que você apregoa...
depende de você.
Gif de estrela
Pondere:
queixar-se ou produzir;
atrapalhar ou servir;
desprezar ou valorizar;
revoltar-se ou colaborar;
adoecer ou curar-se;
rebaixar ou elevar-se;
monologar ou dialogar;
ensimesmar-se ou abrir-se;
estacionar ou progredir,
tudo é questão de escolha que, unicamente...
depende de você.
Gif de estrela
E lembre-se amiga, amigo,
Você precisa ter sonhos,
para que possa se levantar
todas as vezes que cair...
Acreditar, que a toda hora,
acontecerá coisas boas e
mudará o rumo da sua vida.
Você precisa ter sonhos grandes e pequenos,
os pequenos, são as felicidades mais rápidas,
os grandes, lhe darão força para suportar
o fracasso dos sonhos pequenos.
Você tem que regar os teus sonhos todos os dias,
assim como se rega uma planta, para que cresça ...
Você precisa dizer sempre, a você mesmo:
vou conseguir!
vou superar!
vou chegar no meu sonho!
Fazendo isso, você estará cultivando sua luz,
a luz de sempre ter esperanças,
que nunca poderá se apagar,
pois ela é a imagem
que você pode passar para as outras pessoas,
e é através dessa luz que todos vão lhe admirar,
acreditar em você e te seguir.
Gif de estrela
Mire na Lua,
pois se você não puder atingi-la,
com certeza irá conhecer grandes estrelas...
ou, poder ser uma delas....

(Autoria Desconhecida)

 
estrela_080.gif
Um feliz e abençoado dia!!!

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

"Amanhecendo, começa o teu dia com alegria renovada e sem passado negativo, enriquecido pelas experiências que te constituirão recurso valioso para a vitória que buscas" (Joanna de Ângelis)

purin_23.gif
A Força de Um Simples Sorriso


Havia um pequeno menino que queria se encontrar com Deus.

Ele sabia que tinha um longo caminho pela frente, portanto ele encheu sua mochila com pasteis e guaraná, e começou sua caminhada. 

Quando ele andou umas 3 quadras, encontrou um velhinho sentando em um banco da praça olhando os pássaros. 

O menino sentou-se junto dele , abriu sua mochila , e ia tomar um gole de guaraná, quando olhou o velhinho e viu que ele estava com fome, então ofereceu-lhe um pastel. 

O velhinho muito agradecido aceitou e sorriu ao menino. Seu sorriso era tão incrível que o menino quis ver de novo, então ele ofereceu-lhe seu guaraná. 

Mais uma vez o velhinho sorriu ao menino. O menino estava muito feliz! Ficaram sentados ali sorrindo, comendo pastel e bebendo guaraná pelo resto da tarde sem falarem um ao outro. 

Quando começou a escurecer o menino estava cansado e resolveu voltar para casa, mas antes de sair ele se voltou e deu um grande abraço no velhinho. 

O velhinho deu-lhe o maior sorriso que o menino já havia recebido. 

Quando o menino entrou em casa, sua mãe surpresa perguntou ao ver a felicidade estampada em sua face. 

"O que você fez hoje que te deixou tão feliz? Ele respondeu. "Passei a tarde com Deus" e acrescentou "Você sabe, ele tem o mais lindo sorriso que eu jamais vi." 

Enquanto isso, o velhinho chegou em casa radiante, e seu filho perguntou: "Por onde você esteve que te deixou tão feliz?" Ele respondeu "Comi pasteis e tomei guaraná no parque com Deus". 

Antes que seu filho pudesse dizer algo ele falou: "Você sabe que ele é bem mais jovem do que eu pensava?" 

Nunca subestime a força de um sorriso, o poder de uma palavra, de um ouvido para ouvir, um honesto elogio, ou até um ato de carinho. Tudo isso tem o potencial de fazer virar uma vida. Por medo de diminuir deixamos de crescer. Por medo de chorar deixamos de sorrir! Portanto Sorria!!!


(Autoria Desconhecida)


purin_17.gif
Feliz e abençoado dia!!!

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

"O maior carrasco do homem é ele mesmo, e o mais injusto dos homens é aquele que não reconhece isso." ..."A vida é uma grande universidade, mas pouco ensina a quem não sabe ser aluno." ...."Todos querem o perfume das flores, mas poucos sujam as suas mãos para cultivá-las." (Augusto Cury)

azidong_01.gif
Onde vive nosso eu verdadeiro


Tua vida, meu irmão, é uma casa afastada de todas as outras casas, onde vive teu eu verdadeiro, bem diferente das aparências que os homens chamam com teu nome.

Se essa casa for escura ou vazia, não poderás iluminá-la com as lâmpadas de teu vizinho nem enchê-la com os seus bens.

E se estiver no deserto, não a poderás transferir para um jardim plantado por outros, e se estiver no pico de uma montanha, não poderás baixá-la para um vale onde os caminhos foram abertos por outros pés.

Nossas vidas interiores, meu irmão, são rodeadas pelo isolamento e a solidão. Sem eles, tu não serias tu e eu não seria eu.

Sem eles, confundirias tua voz com a minha voz, e quando olhasses no espelho, não saberias se estavas vendo-te a ti mesmo ou a mim.

*     *     *

As palavras de Khalil Gibran calam fundo na alma...

Não somos a imagem que vemos no espelho. Não somos as aparências. Nessa casa, afastada de todas as outras, vive nosso eu real, eu Espírito.

E cada um deve iluminar a sua casa com suas próprias conquistas. As lâmpadas dos vizinhos nos seduzem, até nos inspiram, mas nossa iluminação precisa vir de dentro.

Não adianta casar com alguém bom para viver a bondade. Não adianta receber um amor infinito para termos amor para sempre. Não adianta estarmos próximos a pessoas felizes para vivermos a felicidade.

Os bens do outro são do outro. Podemos até usufruir deles, pela bondade divina, mas apenas como forma de motivação, para que tenhamos forças e exemplo para lograr os nossos próprios, ao nosso tempo.

Se essa nossa casa estiver ainda no deserto, caberá a nós, apenas a nós, transformar a aridez em jardim florido.

E todos os caminhos precisam ser abertos por nossos próprios pés...

Somos individualidades. Não há um ser igual ao outro neste Universo. E dentro de cada individualidade há uma espécie de solidão, um lugar onde todos estamos sós.

Solidão que machuca enquanto ainda somos mais sombra do que luz, mas que depois se harmoniza e se transforma em solitude – uma unidade saudável da criatura com o Criador.

Nosso Pai reservou plano especial no Universo para cada um de nós. Não há insignificância alguma no Cosmo, por menor que possamos nos imaginar.

Acreditar-se pequeno, ou insignificante é, ainda, típico de quem não se encontrou em profundidade, de quem não conhece sua própria casa no Universo.

Somos grandes, somos capazes, somos parte de um todo perfeito, por isso somos fadados à perfeição individual.

*     *     *

Quando a sombra de um desânimo qualquer desejar bater à porta de nossa casa, lembremos da grandiosidade do Universo e de que fazemos parte disso tudo. Lembremos de que somos importantes.

Não permitamos que as distrações ou as vicissitudes da vida enfraqueçam nossas forças. Elas são parte do ensino apenas, do ensino desta grande escola chamada Terra.

*     *     *

Tua vida, meu irmão, é uma casa afastada de todas as outras casas, onde vive teu eu verdadeiro, bem diferente das aparências que os homens chamam com teu nome.


Redação do Momento Espírita,com base em trecho do texto Isolamento e solidão, do livro Curiosidades belezas, de Khalil Gibran, ed. ACIGI.
Em 4.7.2014.


azidong_47.gif
Um feliz e abençoado dia!!!