quarta-feira, 24 de maio de 2017

Sorte ou merecimento?

Tarde10
A palavra sorte costuma ser muito utilizada.

Em face de algum acontecimento significativo, fala-se em boa ou má sorte.

Diz-se que algumas pessoas têm muita sorte.

A vida parece lhes sorrir.

Têm grandes amigos, saúde, bom emprego, família equilibrada.

Já para outros a vida não é tão risonha.

Vivem a braços com grandes dificuldades.

Relacionam-se afetivamente com pessoas indignas.

Seus empreendimentos profissionais não obtêm sucesso.

Sua saúde costuma oscilar.

São muitas as formas pelas quais se tenta explicar e contornar a má sorte.

Consulta-se a posição das estrelas no momento do nascimento.

Fazem-se pequenos rituais, a fim de obter conjunções propícias.

Em face de sucessivos desgostos, há quem afirme ser uma questão de carma.

A pessoa imagina estar destinada ao sofrimento e à derrota.

Ocorre ser mais correto raciocinar em termos de Lei de Causa e Efeito.

Tudo o que se faz gera conseqüências inexoráveis.

Muitos comportamentos do passado ainda hoje estão a espargir efeitos.

Quem semeou espinhos nos caminhos alheios não pode esperar transitar por róseas estradas.

Mas a pior herança que a criatura traz em si são os maus hábitos.

Aquele que se acostumou no pretérito a gastar mal o tempo persiste preguiçoso.

O rico dilapidador segue imprevidente, mesmo vivendo na pobreza.

O maledicente de ontem continua mais ocupado com o viver alheio do que com o seu.

O Espírito troca de corpo físico, em suas diferentes romagens terrenas, mas persiste o mesmo em seu íntimo.

Toma algumas boas resoluções no período em que permanece no plano espiritual.

Entretanto, a existência terrena é proveitosa quando põe em prática suas salutares deliberações.

A reforma íntima exige esforço e perseverança.

Ninguém abandona maus hábitos a brincar.

Virtudes também não são desenvolvidas por um golpe de vontade.

É necessário coragem e disciplina para recomeçar a cada tropeço.

A rigor não é importante o que você fez no passado.

O pretérito se apresenta na forma de algumas dificuldades, é certo.

Mas dificuldades são desafios, nada além disso.

Seus problemas são principalmente fruto do modo como você vive hoje.

Certamente você deseja atrair pessoas dignas para sua esfera de relações.

Então, adote hábitos dignos.

Se deseja um bom emprego, torne-se um profissional competente.

Quando necessita demitir, um patrão sempre trata de preservar os melhores empregados.

Assim, para ter tranqüilidade, gaste seu tempo estudando e se aprimorando.

Faça sempre um pouco a mais do que lhe pedem.

Não imagine que passar em um teste de admissão ou em um concurso tenha a ver com sorte.

Bons amigos também não são sorteados ao acaso.

Saúde vigorosa pressupõe bons hábitos de vida.

As coisas boas da vida devem ser conquistadas.

Viver bem não é uma questão de sorte, mas de merecimento.

Pense nisso.


Redação do Momento Espírita.
Em 30.04.2008.

Gif
Reflexao43
Gif
Reflexao36
Gif
Nenhum texto alternativo automático disponível.
Gif
Nenhum texto alternativo automático disponível.
Gif
A imagem pode conter: texto
Gif
FraseQuarta1
Gif
A imagem pode conter: texto
Gif
Motivacao42
Gif
Nenhum texto alternativo automático disponível.
Gif
A imagem pode conter: texto
Gif


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Adorei!
Com estima e apreço,
Myrna.