quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Recado de Natal

A imagem pode conter: texto
Um recado de servidor a cada coração amigo, ante o Natal de Jesus.

Nunca te deixes vencer pelo desânimo.

Acenda a luz da fé no próprio íntimo e segue adiante, trabalhando e servindo.

Diante das dificuldades que te desafiem, recorda aquelas outras que te figuravam inarredáveis e que superaste, sem conhecer as forças que te sustentaram nos transe amargos.

Considerando as crises que provavelmente surjam à frente de teus passos, rememora os perigos que te ameaçaram e dos quais te descartaste, ignorando de que modo conseguiste preservar a própria vida.

Suportando inquietações que se te agigantem aos olhos no cotidiano, lembra-te das aflições que passaste perante os sofrimentos de pessoas que se te fazem especialmente queridas, atiradas ao desequilíbrio e que regressaram à tranqüilidade, socorridas por energias que desconheces.

Se a provação te visita, asserena-te no amparo da fé e aguarda o auxílio imponderável da Espiritualidade Maior, que nem sempre registras.

Em qualquer tribulação, deixa que os teus sentimentos se acalmem e espera a intervenção da Providência Divina.

Não temas e serve sempre.

Os Mensageiros do Bem jamais nos abandonam.

Ainda mesmo nos dias em que a enfermidade do corpo te desajuste o campo orgânico, não te amedrontes e conta com o Amor da Vida Espiritual que jamais desfalece.

Seja qual for a prova ou a dor em que te vejas, serve e confia-te a Jesus, porque Jesus é a Presença da Bondade Infinita de Deus, diante da qual não existe o impossível.

 
XAVIER, Francisco Cândido pelo Espírito Emmanuel.

Nenhum texto alternativo automático disponível.
Nenhum texto alternativo automático disponível.
A imagem pode conter: texto
Nenhum texto alternativo automático disponível.
A imagem pode conter: texto
A imagem pode conter: texto
A imagem pode conter: texto
A imagem pode conter: texto
A imagem pode conter: flor e texto
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto
Nenhum texto alternativo automático disponível.
A imagem pode conter: texto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Adorei!
Com estima e apreço,
Myrna.