quarta-feira, 13 de maio de 2015

"Vire a página. Dê um ponto final nas coisas que te fazem mal. A vida é um círculo, não um quadrado. Tenha pressa de ser feliz, porque nós não sabemos quanto tempo nos resta." (Fábio de Melo)

Sol
Enquanto é hoje...


A palavra amanhã é uma constante em nossas vidas...

Amanhã, investiremos no Espírito. Hoje, precisamos construir nosso pé de meia.

Amanhã pensaremos em Deus. Hoje, precisamos pensar em nós mesmos, em nossa família...

Num amanhã mais distante ainda, quando nos aposentarmos, dedicaremos algum tempo à prática da caridade e, assim por diante...

Falamos no amanhã como se ele nos pertencesse, esquecidos de que milhares de pessoas não chegarão a abrir os olhos físicos no dia de amanhã.

Enquanto a saúde nos envolve, não nos preparamos para enfrentar os possíveis dias de enfermidades.

Enquanto a felicidade faz morada em nossos corações, não fortalecemos o Espírito para resistir com bravura os prováveis dias de sombras.

Todos somos Espíritos imortais, e como tal, não podemos separar o que se refere ao corpo do que é do Espírito.

Devemos, dessa forma, utilizar-nos do corpo e de todas as possibilidades materiais para engrandecer-nos em Espírito.

Devemos, sim, construir patrimônios materiais que garantam o conforto físico. Mas, simultaneamente, deveremos investir nos patrimônios imperecíveis da alma.

Enquanto é hoje devemos utilizar-nos do corpo de carne para, no calor da luta, aperfeiçoarmos o Espírito eterno.

Enquanto é hoje, busquemos cultivar virtudes efetivas, que possam garantir a nossa felicidade futura.

Enquanto é hoje, busquemos mudar os pequenos maus hábitos, aparentemente inexpressivos, que cultivamos ao longo dos séculos.

Enquanto é hoje, apertemos mais os laços afetivos com os familiares que convivem conosco sob o mesmo teto.

Enquanto é hoje, perdoemos os que se intitulam nossos inimigos, os que nos caluniam, os que buscam nos infelicitar.

Enquanto é hoje, busquemos iluminar nossa intimidade com as luzes do Evangelho de Jesus Cristo.

Enquanto é hoje, estendamos a mão fraterna aos irmãos que caminham nas valas do crime, dos tóxicos, e de tantas outras misérias morais.

Enquanto é hoje, eduquemos nossos filhos com sabedoria e amor, porque o amanhã é um dia muito distante...

Enquanto é hoje, reguemos com ternura as flores da amizade, para que ela nos sustente nos momentos de dor e lágrimas.

Enquanto é hoje, elevemos o pensamento ao Criador e agradeçamos as oportunidades que Ele nos oferece a cada instante.

Enquanto é hoje... Busquemos ser felizes dentro das possibilidades que Deus nos concede, sem exigir Dele a felicidade que ainda não fizemos por merecer.

*     *     *

Aproveitar a dádiva do tempo, na primavera dos ensejos de hoje, é dever que não pode ser adiado.

O rio das horas corre, levando  em suas vibrações-tempo todas as oportunidades.

Hoje, portanto, é o nosso melhor dia, mas ele logo passa e o chamaremos ontem.

E o amanhã, se nós o alcançarmos no corpo físico, chamaremos hoje, que será, igualmente, ontem.

Por tudo isso enquanto é hoje... Façamos o que precisa ser feito na construção de dias melhores.



Redação do Momento Espírita, com base no verbete Tempo, do livro Repositório de sabedoria, v. 2, pelo Espírito Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. Leal.
Em 18.07.2008.

Gifs de sol
Ótimo dia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Adorei!
Com estima e apreço,
Myrna.