terça-feira, 9 de outubro de 2012

"Sua generosidade chamará a bondade alheia em seu socorro. Sua simplicidade solucionará problemas para muita gente. Sua complexidade provocará muita dissimulação no próximo. Sua indiferença fará manifesta frieza nos outros. Seu desejo sincero de paz garantirá tranqüilidade no caminho. Seu propósito de guerrear dará frutos de inquietação. Sua franqueza contundente receberá frases rudes. Sua distinção edificará maneiras corretas naqueles que o seguem. Sua espiritualidade superior incentivará sublimes construções espirituais. Diariamente, semeamos e colhemos. A vida é também um solo que recebe e produz eternamente." (Emmanuel)




Conselhos Simples

 
"A revolução que se apresta é antes moral,
do que material."
(Alan Kardec, E.S.E., Cap.1 - Item 10.)

 
 

Utilize as horas com moderação, realizando cada tarefa por sua vez, sem interrupção.
Trabalho continuado - rendimento vultuoso.
*
Modifique, sem mais tardança, o conceito negativo a respeito de quem você conheceu num momento infeliz.
A opinião má que se renova contribui para a sementeira da fraternidade.
*
Antes que os labores diurnos o surpreendam, realize no leito a comunhão com o Senhor, através da meditação.
O homem mantém a comunicação com o Pai Celeste pelos invisíveis fios do pensamento.
*
Resguarde-se da enfermidade, cultivando a higiene mental.
Mente asseada - corpo equilibrado.
*
Recolha, em cada dificuldade, a mensagem oculta de advertência para a vida.
Obstáculo vencido - aprendizagem inesquecível.
*
Acomode-se ao temperamento alheio, vencendo as imposições do instinto, quando a serviço do auxílio.
Quem relaciona dificuldades não dispõe de tempo para ajudar.
*
Receba o intrujão com delicadeza, expondo-lhe a verdade sem arrogância deliberada.
Todo usurpador se transforma em algoz de si mesmo.
*
Precavenha-se da agressão do ódio, pelo exercício do amor.
A constância no bem imuniza o homem contra o contágio das misérias morais.
*
Aceite o sofrimento como fenômeno natural da experiência evolutiva.
A enfibratura moral consolida-se no fragor das batalhas diárias.
*
Repare a terra submissa e boa, sulcada pelo arado para a dádiva do pão.
Aprenda com ela a lição da humildade e deixe que o Agricultor Compassivo transforme sua vida num seminário de amor para o bem de todos.

 
 
Franco, Divaldo Pereira. Da obra: Glossário Espírita-Cristão.
Ditado pelo Espírito Marco Prisco.
4a edição. Salvador, BA: LEAL, 1993.


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!
Adorei!
Com estima e apreço,
Myrna.